Com o tema Utopia versus realidade, a 19ª Bienal teve no alemão Anselm Kiefer sua grande figura de destaque. Com presença marcante de instalações e esculturas, o terceiro andar do pavilhão recebeu a monumental Paleta de asas de Kiefer e a instalação Enquanto flora a borda... (1987), de Tunga, que escorregava do teto ao piso pelo grande vão central do pavilhão.

2 de outubro - 13 de dezembro de 1987

Presidente da Bienal: Jorge Wilheim
Curadoria-geral: Sheila Leirner
No conselho de arte e cultura: Luiz Paulo Baravelli, Ulpiano Toledo Bezerra de Menezes (museólogo), Maria Alice Milliet (historiadora de arte)

  • Exposições especiais

  • Arte e Design
    curadoria de Joice Joppert Leal e Angela Carvalho
  • Em Busca da Essência - Elementos de Redução na Arte Brasileira
    curadoria de Gabriela Wilder
  • Imaginários Singulares
    curadoria de Sônia Salzstein-Goldberg e Ivo Mesquita
  • Marcel Duchamp
    curadoria de Arturo Schwarz
  • Outras seções:
    Videoteca (Video-Arte e Video-Documento)
    curadoria de Rafael França
    Música
    curadoria de Anna Maria Kieffer

Cartaz da 19ª Bienal de São Paulo. Autor: José Maria Lopez Prieto

  • Eventos paralelos

  • Concurso de cartazes
  • Música Minimalista
  • Música Pessoal
  • Encontro Internacional de Críticos de Arte

Obra de destaque: Die Frauen der Revolution (1986) de Anselm Kiefer

4ª Bienal de São Paulo
04 2013
5ª Bienal de São Paulo
03 2012
16ª Bienal de São Paulo
27 2012
19ª Bienal de São Paulo
06 2012