Com o tema Utopia versus realidade, a 19ª Bienal teve no alemão Anselm Kiefer sua grande figura de destaque. Com presença marcante de instalações e esculturas, o terceiro andar do pavilhão recebeu a monumental Paleta de asas de Kiefer e a instalação Enquanto flora a borda... (1987), de Tunga, que escorregava do teto ao piso pelo grande vão central do pavilhão.

2 de outubro - 13 de dezembro de 1987

Presidente da Bienal: Jorge Wilheim
Curadoria-geral: Sheila Leirner
No conselho de arte e cultura: Luiz Paulo Baravelli, Ulpiano Toledo Bezerra de Menezes (museólogo), Maria Alice Milliet (historiadora de arte)

  • Exposições especiais

  • Arte e Design
    curadoria de Joice Joppert Leal e Angela Carvalho
  • Em Busca da Essência - Elementos de Redução na Arte Brasileira
    curadoria de Gabriela Wilder
  • Imaginários Singulares
    curadoria de Sônia Salzstein-Goldberg e Ivo Mesquita
  • Marcel Duchamp
    curadoria de Arturo Schwarz
  • Outras seções:
    Videoteca (Video-Arte e Video-Documento)
    curadoria de Rafael França
    Música
    curadoria de Anna Maria Kieffer

Cartaz da 19ª Bienal de São Paulo. Autor: José Maria Lopez Prieto

  • Eventos paralelos

  • Concurso de cartazes
  • Música Minimalista
  • Música Pessoal
  • Encontro Internacional de Críticos de Arte

Obra de destaque: Die Frauen der Revolution (1986) de Anselm Kiefer

4ª Bienal de São Paulo
04 2013