busca

pavilhão bienal perguntas e respostas

Qual o horário de funcionamento do Parque Ibirapuera?

Todos os dias, das 05h às 24h. Os veículos de passeio podem entrar até as 22h e sair até as 24h. Após as 22h somente veículos credenciados ou autorizados por um produtor do evento com a lista de convidados no portão 3.

Quais os horários para carga e descarga de caminhões? (caminhões acima de 7,20 metros)

Todos os dias das 22h às 05h.

Caminhões de pequeno porte (vans, vucs, sprinters, kombis e caminhonetes) podem entrar em qualquer horário?

Das 05h às 21h é possível entrar sem autorização. Das 21h às 05h é necessário enviar relação contendo nome da empresa, placa do caminhão e nome do motorista para os contatos abaixo:

Coordenação de Eventos do Parque Ibirapuera: eventosparqueibirapuera@prefeitura.sp.gov.br
Administração do Parque Ibirapuera: amiltonsilva@prefeitura.sp.gov.br, agmacaroff@prefeitura.sp.gov.br, cspereira@prefeitura.sp.gov.br
Segurança Patrimonial do Parque Ibirapuera: tsouza@prefeitura.sp.gov.br
GCM - Inspetoria do Parque Ibirapuera: gcmipi@prefeitura.sp.gov.br

Existe autorização específica para entrar no parque?

Após o horário de fechamento do Parque (das 22h às 05h), somente veículos previamente credenciados pela Coordenação de Eventos do Parque Ibirapuera terão acesso. A comunicação deve ser feita com antecedência mínima de 24 horas.

Caminhões podem permanecer no parque nos horários restritos?

Não, todos os caminhões deverão sair do parque até as 05h – horário de fechamento. Caso permaneçam, serão multados pela CET e pela SVMA por descumprimento do Termo de Responsabilidade assinado entre as partes. Poderão ficar somente nos bolsões determinados para tal desde que aprovado pela Fundação Bienal e Parque.

Existe estacionamento para o evento?

No entorno da Bienal, o parque disponibiliza 650 vagas de zona azul, sendo 503 convencionais, 29 vagas de acessibilidade, 35 vagas para idosos e 83 vagas para motos. No Autorama há 324 vagas de zona azul convencionais, 1 de acessibilidade, 4 vagas para idosos e 36 vagas para motos. As vagas disponíveis são de uso dos frequentadores do parque, sem possibilidade de neutralização para eventos. Existem quatro alternativas de estacionamento no entorno do parque. O organizador do evento poderá oferecer serviço de shuttle para o Pavilhão da Bienal.

Existe estacionamento exclusivo para expositores?

Não. O estacionamento do Parque Ibirapuera é administrado pela CET com atribuição de cartão Zona Azul, de segunda a sexta-feira das 10h às 20h e sábados, domingos e feriados das 08h às 18h. O cartão tem validade de 2 horas. Quantidade máxima 2 cartões por automóvel, totalizando 4 horas de estacionamento. Informações no site www.cetsp.com.br ou pelo telefone 1188.

Existe estacionamento exclusivo para promotores?

No bolsão de carga e descarga da rampa externa do Pavilhão da Bienal é permitida a permanência de, no máximo, 10 (dez) veículos, que deverão portar credencial emitida pela Coordenação de Eventos do Parque Ibirapuera.

É possível contratar serviço de valet parking para eventos no Pavilhão Bienal?

O DEPAVE, órgão responsável pela administração do parque, não autoriza o serviço de valet parking dentro das dependências do parque, conforme o Decreto nº48.151, de 21 de fevereiro de 2007. Apenas serviços de transfer e shutlle entre o parque e os estacionamentos no entorno são permitidos.

Existe local reservado para carga e descarga no Pavilhão Bienal?

Para montagem nos 1º, 2º e 3º pisos, deve-se usar o bolsão da rampa externa. Para montagem no 1º pavimento, deve-se usar o bolsão da Praça das Bandeiras. Para montagem em todos os pavimentos poderão ser utilizados ambos os bolsões. Para montagem no Lounge Bienal, somente poderão ser utilizadas as rampas de acesso ao local.

Qual a providência necessária para uso dos bolsões de carga e descarga?

Disponibilizar segurança 24 horas nas correntes de acesso aos bolsões o qual fará o controle de entrada e saída dos veículos credenciados e/ou autorizados.

É possível realizar visitas técnicas ao pavilhão?

Sim, é possível realizar visitas técnicas ao pavilhão com agendamento prévio via e-mail pavilhão@bienal.org.br, e poderão ser realizadas de segunda à sexta-feira em horário comercial.

Como se dão as visitas técnicas ao pavilhão, após a assinatura do contrato?

As visitas poderão ser agendadas com 24h de antecedência, via e-mail: valdomiro.neto@bienal.org.br.

Posso fazer registros fotográficos do pavilhão durante as visitas técnicas?

Somente quando autorizado pelo cessionário que estiver ocupando o pavilhão. Se o mesmo estiver livre, não há restrição.

Quais os horários permitidos para montagem e desmontagem dos eventos no Pavilhão Bienal?

Dentro do pavilhão não há restrição de horário, ou seja, montagem e desmontagem poderão ser feitas 24 horas por dia.

Devo manter uma equipe interna para solucionar casos emergenciais?

Sim. A equipe deverá ser composta por oficiais de elétrica, hidráulica, pintura, bombeiros, seguranças e posto médico completo com ambulância UTI equipado conforme normas técnicas.

Quando tais equipes deverão estar a postos?

A partir do momento da vistoria de entrega até a vistoria de devolução do pavilhão.

A Bienal possui cadastro de fornecedores?

Não. O produtor é livre para trazer fornecedores de sua preferência.

Podemos utilizar as estruturas do pavilhão para fixação de banners, comunicação visual, equipamentos, iluminação cenográfica e outros elementos decorativos?

Deverá ser levantado qual o tipo de material, peso e demais particularidades durante a realização de visita técnica.

O pavilhão possui sistema de internet sem fio?

Existe serviço de internet sem fio instalado no Pavilhão, fornecido pela empresa New Telecom. O promotor poderá contratar o serviço já instalado, diretamente com a empresa, ou contratar outra empresa de sua preferência. O mesmo deverá ser instalado durante a montagem e desinstalado durante a desmontagem do evento.

O pavilhão possui pontos de telefonia?

Sim. A locação de linhas temporárias para eventos deverá ser feita diretamente pelo promotor na empresa de telefonia local.

Qual o pé direito do Pavilhão Bienal?

- Lounge Bienal: 3,8 m
- Sob o Mezanino: 2,9 m
- No restante do Pavimento Térreo: 7,35 m
- No 1º Pavimento: 3,85 m
- No 2º Pavimento: 4,95 m
- No 3º Pavimento: 4,95 m

Obs.: Em todos os pavimentos existem linhas de eletro calhas que diminui em 40 cm o pé direito.

Qual a voltagem do pavilhão?

Trifásico, 220/127v.

Qual a disponibilidade de demanda de kVA do pavilhão para eventos?

2.500 kVA em transformadores, com demanda limitada contratada junto a concessionária AES Eletropaulo em 600 kW.

Em caso de carga superior à disponibilizada pela concessionária de energia como devemos proceder?

A carga complementar deverá ser suprida com o uso de Grupo Gerador.

Caso não haja uso de GMG e, em caso de estouro de demanda, qual a penalidade?

A cobrança, além do valor da demanda utilizada, de 200% de multa sobre o valor da demanda ultrapassada, além do consumo em kWh.

Qual o tipo de ponto de energia disponível no pavilhão?

Quadros disponíveis ao longo do pavilhão com 2 (duas) tomadas padrão STECK de 63A/cada. 04 pinos (3 fases + neutro)

Quais os sistemas contra incêndio disponíveis no pavilhão?

O Pavilhão Bienal possui: alarmes, detectores de fumaça, hidrantes, 4 saídas de emergência, sendo, 3 escadas externas e 1 rampa externa.

O pavilhão possui bebedouros de água?

Sim, em todos os pavimentos nas entradas de todos os sanitários.

O pavilhão possui telefones públicos?

Não.

O pavilhão possui Posto Médico?

Há uma área dedicada exclusivamente para instalação de Posto Médico, localizada no primeiro pavimento. O promotor do evento deverá providenciar toda a infraestrutura necessária para o funcionamento do mesmo.

Quantos sanitários há no pavilhão?

Térreo:
1 sanitário masculino (com acessibilidade) com 4 cabines + 4 mictórios;
1 sanitário feminino (com acessibilidade) com 6 cabines.

Mezanino (cozinha):
1 sanitário masculino (sem acessibilidade) com 1 cabine e chuveiro;
1 sanitário feminino (sem acessibilidade) com 1 cabine e chuveiro.

1º Pavimento:
1 sanitário masculino (com acessibilidade) com 6 cabines + 3 mictórios;
1 sanitário feminino (com acessibilidade) com 9 cabines.

2º Pavimento/Rampa Interna:
1 sanitário masculino (com acessibilidade) com 6 cabines + 3 mictórios;
1 sanitário feminino (com acessibilidade) com 9 cabines.

2º Pavimento/Pós Rampa Externa:
1 sanitário masculino (sem acessibilidade) com 3 cabines + 3 mictórios;
1 sanitário feminino (sem acessibilidade) com 3 cabines.

3º Pavimento/Rampa Interna:
1 sanitário masculino (sem acessibilidade) com 4 cabines;
1 sanitário feminino (sem acessibilidade) com 4 cabines.

3º Pavimento/Pós Rampa Externa:
1 sanitário masculino com 2 cabines + 3 mictórios;
1 sanitário feminino com 3 cabines;
2 sanitários acessíveis, sendo 1 masculino e 1 feminino;
1 camarim com uma cabine e um chuveiro.

O pavilhão possui reservatório de água? Qual sua capacidade?

Sim. Capacidade de 51 m³ e deverá ser abastecido pelo cessionário em caso de falta de água. A capacidade é de 180 m³ de reserva de incêndio.

O pavilhão possui Grupo Moto Gerador e qual a sua capacidade?

Sim. Capacidade de 380 kVA (somente para luz de serviços).

Existe local para permanência de Grupos Moto Geradores?

Sim. No bolsão da rampa externa.

Existe local para permanência de máquinas de AC próximas ao pavilhão?

Sim. Nas laterais do edifício (exceto no estacionamento destinado aos funcionários).

O pavilhão possui escadas rolantes?

Sim, interligando do 1º ao 3º pavimento.

O pavilhão possui elevadores?

Sim, que se encontra na área administrativa e são utilizados apenas para acessibilidade com acompanhante.

O pavilhão possui elevador de carga?

Não.

Posso utilizar gás GLP dentro do pavilhão?

Não.

Existe lugar específico para a produção de alimentos?

Somente na área específica do mezanino (cozinha), desde que o mesmo seja locado.

Nos demais pavimentos são permitidos produção e manuseio de alimentos?

Somente pré-aquecidos em fornos, micro-ondas e réchaud. Não há ponto de água e esgoto nos demais pavimentos, sendo necessário que o evento providencie toda estrutura.

Empresas de alimentação devem ter alguma licença específica para operar no pavilhão?

Sim. A empresa do ramo de alimentação deve estar em situação regular em suas atividades, principalmente com a ANVISA/COVISA.

A cozinha do pavilhão deverá ser dedetizada?

Sim. Pela empresa de alimentação que estiver operando no evento.

Posso fazer algum tipo de perfuração no piso, paredes, colunas e laje?

O Pavilhão da Bienal é um bem tombado pelo patrimônio histórico. Portanto, não é permitido realizar perfurações.

Posso pintar o pavilhão de outra cor que não sejam as originais?

Não é permitido alterar a cor do pavilhão (branca).

Em caso de pintura de paredes, colunas, guarda-corpos e laje, qual a tinta específica?

Suvinil PVA branca fosca.

Em caso de pintura do piso das rampas, qual a tinta específica?

Novacor piso cinza chumbo.

Em quais condições o pavilhão será recebido pelo produtor do evento?

O pavilhão será entregue limpo, varrido, lavado e pintado, e deverá ser devolvido ao final do evento nas mesmas condições.

Se houver alguma imperfeição na entrega ou na devolução, como é feito o registro?

O registro é feito no anexo do termo de vistoria de entrega e devolução, que passa a ser parte integrante do TCA.

Em caso de danos às estruturas do pavilhão, quem deverá arcar com os custos?

O Cessionário.

Existem valores previamente estabelecidos que possam ser cobrados em caso de danos?

Sim. Todos constam nas Normas de Utilização do Pavilhão. Em caso de danos não relacionados, apresentaremos ao cessionário 3 (três) orçamentos e cobraremos o menor valor.