Home Performance – DENDORÍ Ciclo de performances de e com Ricardo Aleixo – O peixe não segura a mão de ninguém

Performance – DENDORÍ Ciclo de performances de e com Ricardo Aleixo – O peixe não segura a mão de ninguém

image/svg+xml Livre para todos os públicos

No dia 9 de dezembro acontecerá a performance O peixe não segura a mão de ninguém, que integra DENDORÍ –  Ciclo de performances de e com Ricardo Aleixo.

Há exatos trinta anos, Ricardo Aleixo passou das investigações acerca da performance poética para o total investimento numa “poética da performance”. O que o artista define como “poesia em situação de performance” diz respeito não apenas à passagem do código escrito para o corpORAL, mas ao estabelecimento de um jogo vocográfico e corpográfico que busca relativizar as fronteiras entre as artes em favor de uma relação intersígnica desierarquizada e livre.

Enquanto lê – muito lentamente – o poema O peixe não segura a mão de ninguém, publicado pela primeira vez no livro Modelos vivos (2010), Ricardo Aleixo dispara a gravação da história familiar da qual surgiu o objeto Barco acidental, enquanto é exibida nos 3 aparelhos de TV a videoperformance feita a partir do registro da transformação de uma velha estante em “barco”.

Duração: 50’.

 

Serviço

Performance – DENDORÍ Ciclo de performances de e com Ricardo Aleixo – O peixe não segura a mão de ninguém 
35ª Bienal de São Paulo – coreografias do impossível
9 de dezembro, 2023
sábado, 15h
ao lado da rampa interna, andar azul
Pavilhão Ciccillo Matarazzo
Parque Ibirapuera, portão 3
Av. Pedro Alvares Cabral, s/n
São Paulo, SP
admissão gratuita

 

Saiba mais


3 fev 2024

Itinerância 35ª Bienal – Rio de Janeiro, RJ image/svg+xml

Já em sua sétima edição, o programa de mostras itinerantes da Bienal de São Paulo leva recortes da mostra paulistana no ano seguinte ao de sua realização para cidades do Brasil e exterior. Em 2024, a primeira parada será correalizada com o Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM Rio), para onde os curadores Diane Lima, Grada Kilomba, Hélio Menezes e Manuel Borja-Villel conceberam um recorte especial da mostra, adaptado às características e ao contexto da cidade.

Endereço:
Av. Infante Dom Henrique, 85
Parque do Flamengo, Rio de Janeiro, RJ
Saiba mais
Ao clicar em "Concordar", você concorda com uso de cookies para melhorar e personalizar sua experiência, bem como nossa Política de Privacidade. Ver a Política de Privacidade*.
Concordar